sexta-feira, 17 de março de 2017

Como Podes criar uma Mudança com Sucesso?



Pontos-Chave

- Um objectivo claro
- Pesquisa
- Acção
- Prestar contas
- Estrutura
- Feedback, flexibilidade e modificação
- O ponto final
- Clareza quanto à acção




Como podes Criar uma Mudança Com Sucesso?

Um objectivo Claro
Para que o sucesso seja garantido, tens de ser capaz de definir o teu objectivo com precisão e concisão: 
- "Vou aprender a conduzir e gostaria de passar o exame dentro dos próximos seis meses".
- "Vou emagrecer 6kg nos próximos seis meses"




Pesquisa

Saber aquilo que te propões atingir, permite pesquisar os meios para atingir o teu objectivo: descobrir como se aprende a conduzir - o método - e como irás aprender a conduzir em termos práticos. Estes incluirão com quem irás ter aulas, que carro usarás, quantas lições vais obter e até que ponto poderás praticar entre aulas.

Acção
"Se quiseres conquistar o medo, não fiques sentado em casa a pensar nele. Sai e ocupa-te"

A mudança para o sucesso começa com acção e continua com mais acção. A Acção faz-te sentir de forma positiva e com mais energia. Começa por apurar os factos e põe os teus recursos em acção. Faz a tua primeira aula de condução/código e depois pratica repetidamente..
Planeia um horário para o estudo do código e depois mantém-no em dia.


Prestar contas
Partilha o teu objectivo com outras pessoas aumenta a tua responsabilidade. Quantos mais amigos, familiares e colegas contares o que pensas fazer, maior incentivo terás para conseguires. Envolver outras pessoas providencia igualmente uma forte rede de apoio.
Durante as minhas sessões habitualmente falo da importância de ter um grupo de influência (aquele grupo que nos influência positivamente e caminham connosco face ao que queremos alcançar por exemplo: amigos de faculdade, grupos  de empresários (BNI), familiares, etc). Muitas vezes acontece que as pessoas mais próximas por exemplo familiares, fazem exactamente o oposto face à força que é suposto dar, deste modo sabemos que não são com eles que devemos partilhar, mas sim recorrer a outras pessoas (um coach por exemplo).

Estrutura/Plano de Acção
Terá de haver sempre um plano estruturado para saberes onde estás e onde queres chegar.
Usando o exemplo citado: "Vou aprender a conduzir e gostaria de passar o exame dentro dos próximos seis meses".
O plano deve incluir o número de aulas que vais fazer, o custo e o conteúdo do estudo face ao tempo que vais dedicar e a data que vais marcar os exames.


No caso do exemplo: "Vou emagrecer 6kg nos próximos seis meses"
O plano deve incluir o teu diário com a dieta que vais aplicar no caso de teres acompanhamento com um nutricionista ou dietista é excelente e o número de vezes que vais treinar por semana com os treinos que vais aplicar. Caso sintas que é muito dispendioso financeiramente verifica exercícios que ajudam não só a perder massa gorda como a tonificar o teu corpo. É fundamental registares sempre o que comeste para que consigas ter uma noção clara sobre os teus "excessos".


Feedback, flexibilidade e modificação

O que separa os vencedores dos perdedores é a forma como se reage a cada volta do destino.


Até os planos mais bem definidos precisam de um elemento de flexibilidade. Tens de continuamente monitorizar o teu progresso e modificar a tua abordagem quando necessário. Ser flexível não deverá nunca ser visto como pôr em causa o teu plano, mas antes ser realista quanto ao como alcançar o resultado desejado na altura certa com base nas tuas presentes circunstâncias e graus de progresso.
Muitas vezes, desejamos muito alcançar algo, por exemplo: perder peso(está a chegar o verão e queremos usar o nosso melhor vestido e não há maneira de iniciar a dieta). No entanto, o facto de existirem dias em que a dieta não foi cumprida exactamente como proposto não significa que "estamos a falhar" todo o plano em prol do resultado é um processo que muitas vezes é ajustado para que o nível de ansiedade não aumente e a motivação seja cada vez maior.


O ponto final
Cada objectivo tem de ter o seu ponto final. Tens de saber quando foste bem-sucedido de forma a poderes apreciar o seu feito e começares a criar novos objectivos. Sabes que foste bem-sucedido quando ouves alguém a dizer as palavras "passou no seu exame de condução" ou  "perdeste os 6kg".

Clareza quanto à Acção
Para suavizar o caminho através da mudança ou desafio que queres alcançar, deve ser clara a tua acção. Tens de saber exactamente o que vais atingir e a mudança que vai causar para ti e os que estão à tua volta. No caso de passares no exame de condução  por exemplo temos: liberdade, flexibilidade, diversão. Quem quer perder peso: confiança, auto-estima, energia.  
Certifica que cada mudança positiva que te propões fazer tem um elemento de recompensa nela implantada. Fazer uma mudança é uma recompensa por si só. Criar o máximo de benefícios possíveis ao fazer essa mudança irá definitivamente aumentar as tuas probabilidades de sucesso.

Reflexão:
Investe bastante tempo a planear os resultados positivos da mudança que queres fazer. Se conseguires gerar bastante entusiasmo em torno dos benefícios pessoais da mudança e alterares o teu comportamento para atingir esses benefícios será simples.

Agenda a tua sessão gratuita comigo agora e vamos planear a tua Mudança Hoje!!

Email: coachflaviagouveia@gmail.com
Telemóvel: 962595029

quinta-feira, 16 de março de 2017

Autoconsciência produz Novos Resultados






Se queres que algo de diferente aconteça no futuro, precisas de saber exactamente o que se passa neste preciso momento e porque tens os resultados actuais.
O coaching usa uma séria de técnicas para te ajudar a avaliar as tuas acções, pensamentos e comportamentos em relação aos resultados que obtens de forma a que possas assinalar onde podes fazer coisas de modo diferente para um efeito máximo.
À medida que nos tornamos mais conscientes, ficamos mais aptos a tomar decisões. Compreendemos melhor o que nos faz vibrar, porque fazemos determinadas escolhas e o que visamos alcançar. Este conhecimento ajuda-nos a focar-nos nas áreas que são importantes para os nossos objectivos globais e em muitos casos ajuda-nos a dizer não a situações que só nos desviariam dos nossos verdadeiros desejos. 

De uma forma geral como é que podes produzir resultados mais eficazes neste momento na sua vida?

Se tiver que criar uma "nova vida" o que tens de fazer Agora?

Marca a tua Sessão Gratuita Agora

Email: coachflaviagouveia@gmail.com
Telemóvel: 962595029


Escuta activa





"Sou Gorda
- Não és nada, isso são ideias tuas.
- Não consegues perceber!
Sara tentou tranquilizar a sua amiga, mas o que conseguiu foi magoá-la mais.

A escuta activa, a linguagem da empatia.

Thomas Gordon é um discípulo de Carl Rogers, o pai da empatia. Sistematizou para uso dos pais aquilo a que chamou a linguagem "eficaz". Eficaz no sentido em que atinge o seu propósito de comunicação. Para ele a comunicação é ineficaz se um ou outro dos parceiros não se sente respeitado.
Thomas Gordon mostra até que ponto a maior parte de nós não sabe ouvir. Fornece chaves, simultaneamente muito simples e muito difíceis de utilizar porque modificam a nossa relação com os outros e connosco mesmos. 
Não mais os jogos de poder e a coacção ou a ameaça para conseguirmos aquilo que queremos, mas uma troca autêntica entre dois seres humanos. 
Temos tendência para nos precipitarmos com perguntas do tipo "Porquê"? "Por que é que dizes isso?" Em vez de escutarmos, apressamo-nos a oferecer soluções para ajudar, para ser útil, para não enfrentar esse terrível sentimento de impotência.
Sempre inspirado em Rogers, Gordon especificou doze barreiras à comunicação, doze formas de intervir quando alguém tenta falar-nos de uma emoção ou de um problema, mas que bloqueiam, dirigem ou quebram a relação.



As Doze barreiras
1- Ordenar, comandar, exigir
Vai para o teu quarto.

2- Ameaçar, assustar
Se não páras, apanhas

3- Moralizar, dar sermões
Não se interrompe quando alguém fala.

4- Aconselhar, propor soluções
Por que é que não vais brincar com os teus amigos?

5- Dar uma lição, fornecer factos
Os livros são feitos para serem lidos e não para serem deitados fora.

6- Julgar, criticar, censurar
Não estás com atenção!

7- Felicitar, lisonjear
Tu, tão gentil!

8- Ridicularizar, dar alcunhas
Devias ter vergonha.

9- Interpretar, analisar
Simplesmente, tens ciúmes dessa mulher.

10- Tranquilizar, simpatizar
Isso não é nada, vai passar.

11- Inquirir, questionar
Por que é que fizeste uma coisa dessas?

12- Iludir, não dar importância
Olha que lindo que está o dia!

Quase todas as nossas atitudes habituais estão aqui referenciadas, mas então que dizer? Nada.
O outro só precisa de ser ouvido, de um silêncio atendo e de presença no olhar; ou de uma escuta que lhe permita avançar na sua cabeça. libertar-se do peso excessivo dos seus sentimentos, de fazer as escolhas na sua vivência e de encontrar, a pouco e pouco, as suas próprias soluções. 
Eurípedes disse: "Fala, se tens palavras mais fortes do que o silêncio, ou mantém o silêncio"
Respeitemos a emoção que existe. Só isso.
Ele Chora. Se nos precipitamos com um "o que se passa?" Obrigá-lo-emos a contar-nos os factos, a explicar-nos a razão da sua emoção. Nem sempre a conhece, por isso mais vale manter-nos prudentes e começar por permitir-lhe que exprima as suas lágrimas, acompanhando-o com um: "Estás triste" ou "Tens um ar perturbado", etc.
Thomas Gordon chamou "escuta activa" a essa presença atenta pontuada por frases, reflexo do que é dito. Contrariamente às ideias recebidas, não são os factos que são importantes, mas os sentimentos que provocam em nós.

Contactos:
Email: coachflaviagouveia@gmail.com
Telemóvel: 962595029



quinta-feira, 9 de março de 2017

Como faço a minha Gestão entre Uma Carreira de Sucesso e uma Família em Harmonia



"Um homem não pode fazer o certo numa área da vida, enquanto está ocupado em fazer errado noutra. A vida é um todo indivisível."


Já partilhei em anteriores texto no blog que facilmente consigo ser "engolida" pelo trabalho deixado a família em segundo plano. O facto de ter a minha família na Madeira ajuda muito, uma vez que o "tempo que devo dedicar é mais nas férias". No entanto, no ano passado após ter terminado uma relação em que o livro "vermelho" das reclamações era já muito grande parei para pensar no quão era essencial para o meu equilíbrio emocional a minha gestão entre o meu trabalho e a família. 
Tem sido muito positivo os resultados da minha mudança, porque sinto uma maior aproximação com a minha família bem como a motivação para trabalhar aumentou. 
Durante um processo de coaching existe uma orientação na organização das prioridades. 
Recuperar o equilíbrio entre os papeis desempenhados, acabando com a culpa quando se pensa estar a desistir de um deles é que não há remédio se não sacrificar-se.

Perguntas Poderosas:

1º O que significa compatibiliza a vida pessoal e o trabalho?
Manter um equilíbrio satisfatório entre a família e o trabalho é, em si mesmo, um trabalho que requer tempo, esforço e dedicação. Se a harmonia não for a prioridade máxima, nunca conseguimos aproximar-nos minimamente de um deles.  

2º O que é importante saber para definirmos as nossas prioridades?
Na hora de eleger as prioridades, temos de ter presente que não podemos fazer tudo o que queremos. A escolha traz ansiedade e desapontamento. Para as ultrapassar, ajuda pensar que tudo é temporário e que estaremos apenas a dar atenção especial a um aspecto da vida, num momento particular.

3º As expectativas são realistas?
Eleger as prioridades adequadas às expectativas. Ter o discernimento certo para reconhecer o grau de importância do que realmente queremos, não esquecendo que podemos optimizar esforços para que os resultados sejam satisfatórios para todos.

4º As prioridades podem ser flexíveis?
A realidade ultrapassa a melhor das intenções. A realização profissional ou a necessidade de dinheiro impõem-se. A realização profissional ou a necessidade de dinheiro impõem-se sem que, na verdade, se possa escolher. Assim, ponhamos para trás das costas a exigência de sermos perfeitos em todas as frentes. Desfrutemos do que sabemos fazer, fazendo-o bem.

5º O trabalho e família podem ser complementares? 
O trabalho pode ser uma ferramenta útil para explicar em casa o que fazemos as nossas aspirações e problemas, facilitando a aprendizagem do que significa o dinheiro, o esforço e o valor do trabalho.


Sugestão: Ler sobe como tirar o melhor partido de si e da sua vida é uma coisa. Colocá-lo em prática é outra. O melhor que pode fazer é comprometer-se com um plano de acção e persistir nele para conseguir os objectivos, desenvolvendo uma maior eficácia pessoal. E não deixe para amanhã, porque não temos várias vidas mas apenas uma para viver!

Agenda agora a tua sessão Gratuita ♡
https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-define-a-tua-area-prioritaria-sessao-online-coaching-31973021167

Contactos:
Email: coachflaviagouveia@gmail.com
Telemóvel: 962595029


quarta-feira, 8 de março de 2017

Abrir o Coração à Intimidade







Definiria de boa vontade o verdadeiro amor como a capacidade de viver a intimidade. A intimidade é um espaço relacional onde se permite uma troca directa sem máscaras, autentica e espontânea de energia de caricias de sentimentos e de pensamentos. A intimidade implica uma grande abertura e receptividade ao outro. Os nossos abismos intimidam-nos. No entanto, fazem de nos seres especiais, e únicos. Para muita gente, a intimidade está associada ao segredo em mostrar-se na nudez da sua alma. 

segunda-feira, 6 de março de 2017

O que farei de diferente amanhã?









Há uma máxima no coaching, que não existe fracasso, apenas feedback.

"Se queres entender o hoje, terás de procurar no ontem"


Há quem defina de loucura a repetição das mesmas actividades, pensamentos e comportamentos e contar com um resultados diferente.
Se continuas a fazer o que sempre fizeste, obterás sempre o mesmo. Se queres um resultado diferente em cada área da tua vida, terás de mudar a forma como te comportas e a forma como pensas nessa área.

A tua frustração poderá ser algo tão simples como chegar frequentemente atrasado ao trabalho mas continuas a pôr o despertador para a mesma hora e esperas diariamente ser capaz de te aprontar e chegar ao trabalho a horas. Se o padrão se repetiu demasiadas vezes sem se obter o resultado certo, está na altura de tentares algo novo. Tal como muitas das técnicas que fazem a diferença, as coisas passíveis de serem feitas de maneira diferente serão muito básicas, como pôr o despertador para dez minutos mais cedo ou fazeres uma alteração na tua rotina matinal que te permita sair de casa mais depressa. Usa esta secção do seu diário para iniciares uma lista de afazeres no dia seguinte, e certifica que mantens esta lista regularmente actualizada.

Os detalhes da mudança que fazes não são a coisa mais importante aqui, e a mudança inicial poderá não ser a tua solução final para uma situação. O importante é teres a mente aberta e estares preparada para tentar uma abordagem diferente. É espantoso o mal-estar que causa tentar uma abordagem diferente. É espantoso o mal-estar que as pessoas podem causar a si mesmas só por se recusarem a mudar os hábitos de toda uma vida. Quando começas a quebrar velhos hábitos que não funcionam, estás no caminho de encontrar as soluções certas.

Agenda a Tua sessão Online Gratuita:
Skype: flaviao.gouveia
Telemóvel: 962595029
Email: coachflaviagouveia@gmail.com



Dica: Faz mais do que te dá prazer








Faz mais do que gostas de fazer e menos do que não gostas. Não adies as coisas que te dão prazer e planeia fazê-las o mais frequentemente possível. Adia antes coisas que não te dão prazer do que as que realmente gostas. Planeia fazer hoje alguma coisa que te dá prazer.